Pó Missioneiro - Adams Cezar | Letra da Música

Pó Missioneiro - Adams Cezar

Letras de A - Z, de diversos estilos musicais

Pó Missioneiro - Adams Cezar - Letra






Não pense que é de tristeza
Meus olhos molhados
Não pense que é de saudade
Ou porque chorei

É que aventei a alma e levantou um pó
Que anda encravado lá nos cafundós
Do meu coração gaúcho e missioneiro
É que aventei a alma e levantou um pó
Que anda encravado lá nos cafundós
Do meu coração gaúcho e brasileiro

Poeira que pinta no céu
Silhuetas dos soldados pés no chão
Que com seus cavalos de nuvens
Fazem ronda em palmeira das missões

Palmeira! Sou semente de ti
Velha palmeira, terra guarani
Palmeira! Sou semente de ti
Velha palmeira, terra onde eu nasci

Por isso meus olhos molhados
Talvez da fumaça de algum barbacuá
Que junto do pó missioneiro
Eleva palmeira à razão do meu cantar

Pó Missioneiro - Adams Cezar | Letra da Música. Compartilhe!