Artificial - Anjos Do Hanngar | Letra da Música

Artificial - Anjos Do Hanngar

Letras de A - Z, de diversos estilos musicais

Artificial - Anjos Do Hanngar - Letra






Não prometi o céu e nem ser seu.
Acho que o seu ego inflou e o id esqueceu
Que nem tudo é possível; política e amor
Pode detonar o míssel, me ferver no vapor

Cuspindo os dentes você vai entender
Que o pranto que eu te dei não foi por prazer
Viver é repetir o esforço de aprender
E você sempre soube demais!
Cometendo erros iguais
Não me deu um instante de paz
Que dizer dos beijos a mais?
Bons! Bons demais!
Bons, mas artificiais!

Beijos de ator com um texto previsível
se isso lhe tem valor
Me difame como quiser em frente ao ventilador
Mas seu negro terrorismo foi lixo e o luxo acabou

Cuspindo os dentes você vai entender
Que o pranto que eu te dei não foi por prazer
Viver é repetir o esforço de aprender
E você sempre soube demais!
Cometendo erros iguais
Não me deu um instante de paz
Que dizer dos beijos a mais?
Bons! Bons demais!
Bons, mas artificiais!
E você sempre soube demais!
Cometendo erros iguais
Bons! Bons demais!
Bons, mas artificiais!
Bons, mas artificiais!

Artificial - Anjos Do Hanngar | Letra da Música. Compartilhe!