Estrela Morta - Augustus | Letra da Música

Estrela Morta - Augustus

Letras de A - Z, de diversos estilos musicais

Estrela Morta - Augustus - Letra






O tempo agora leva o que restou
Para sempre, inexorável, em festa
Impotente, em instantes, verei o fim
Do brilho dessa estrela morta

Eu, em mim
Me esvaio em sons
Que eu mesmo não vou lembrar

Não vou
Nem me sinto
Me torno uma vida de folhas brancas
Firo em mim seu nome para eu odiar

Esqueço o meu penar
Esqueço o meu olhar de dó para mim
Esqueço o meu sonhar
Esqueço o meu viver morrendo em mim

Na tela, eu, um plano, pílulas de salvação
Minha voz, a mim estranha, ensina o caminho para seguir
Na mente, apenas o desejo de me achar
Numa boa lembrança

Não é viver
Um perder abissal
Vida de folhas brancas
Em mim seu nome para eu odiar

Eu, em mim
Me esvaio em sons
Que eu mesmo não vou lembrar
Eu, em mim
Me esvaio em sons
Que eu mesmo não vou lembrar

Esqueço o meu penar
Esqueço o meu olhar de dó para mim
Esqueço o meu sonhar
Esqueço o meu viver morrendo em mim

O tempo agora leva o que restou
Para sempre, inexorável, em festa
Impotente, em instantes, verei o fim
Do brilho dessa estrela morta

Estrela Morta - Augustus | Letra da Música. Compartilhe!