Antro de Trates - Blind Pigs | Letra da Música

Antro de Trates - Blind Pigs

Letras de A - Z, de diversos estilos musicais

Antro de Trates - Blind Pigs - Letra






Um sorriso falso um aperto de mão
Quando bebo além da conta esqueço a razão
Você não esperava mas me ergui do chão
Levando valores esquecidos até então

Por isso que às vezes você chama de antiquado
A palavra de um homem já não vale um centavo
E eu ando peças ruas, louco endiabrado
Quero mais, mais e mais e não posso mais parar
E eu ando pelas ruas, louco endiabrado
Quero mais, mais e mais e não posso mais parar

Nesse antro de trastes tudo sem caráter
Cobiçam as migalhas não sabem nem quem são
Mas a vida me sorri e eu tenho um par de botas
Nada mais pode me parar

Antro de Trates - Blind Pigs | Letra da Música. Compartilhe!