Quase Tudo - Chico Pessoa | Letra da Música

Quase Tudo - Chico Pessoa

Letras de A - Z, de diversos estilos musicais

Quase Tudo - Chico Pessoa - Letra






Você é o meu Rio de Janeiro
Meu doce de goiaba, meu baião
Você é a alegria que faltava
Minha tangerina amarga
A minha televisão

Você é o verão, o sol, a chuva
A lua que clareia meu sertão
É praia do futuro, é quinta-feira
É forró de pé-de-serra
É fogueira de são joão
Você é uma cidade iluminada
É meu cigarro, o meu vício, perdição
Você é coca-cola bem gelada
É meu flamengo, é carnaval, é seleção
Você é ventania, é madrugada
É padre Cícero, é nova York, é lampião
Cinema mudo quando você tá calada
É o colorido, é um arco-íris no Japão
Você é o meu pezinho de juazeiro
É shopping center, é um parque de diversão
É Paul mccartney cantando canteiros
É vaquejada, é o aboio do peão
Você é a Paraíba pequenina
É um bolera de Ravel e João pessoa
É o casamento numa igreja de Lisboa
É quase tudo, é Teresina com garoa

É quase tudo, não é tudo, mas é bom
Se tudo fosse não seria assim tão bom

Quase Tudo - Chico Pessoa | Letra da Música. Compartilhe!