Não é Qualquer Um part Cacife Clandestino (Letra) - Eltin | Letra da Música

Não é Qualquer Um part Cacife Clandestino (Letra) - Eltin

Letras de A - Z, de diversos estilos musicais

Não é Qualquer Um part Cacife Clandestino (Letra) - Eltin - Letra






Quer beber um drink sabe que não bebo qualquer um

Quer fumar um beck sabe que não fumo qualquer um

Quer colar lá em casa sabe que não chamo qualquer uma

Sabe que eu não sou qualquer um

Não é qualquer um, não é qualquer um

Pra colar no nosso bonde não, não é qualquer um

Não é qualquer um, não é qualquer um

Pra colar no nosso bonde não não é qualquer um

 

OG Kush , Red Cup, Belvedere e Red Bull

Bola um Blunt , ó o Ganesh ou prefere Crystal Blue

Faz um brinde, bate um Snap, amanhecendo, céu azul

Acessa o link, solta o trap, (ah muleque) corpo nu

O néctar não é pra qualquer um

Nosso after não é qualquer um

É desse jeito que eu faço

Pros pela saco um abraço

Meu espaço eu cavei com classe

Todos sabem sou problemático

Mas a grana que eu ganhei hoje não tá cabendo no elástico

O bagulho que eu queimo com o bonde, nunca foi enrolado em plástico

E as mina que colam lá em casa, são coisa da NASA, assistente de mágico

Preferido da Ilha, Floripa só maravilha

O meu bonde é minha família e minha família reina unida

Manda um shot de tequila, baforada de narguilé

Queima um dedo de gorila espera os fans fazerem fila

Tem MD no bang até na água do bong

Se fechar o tempo aqui rapá, ninguém se esconde

Começamo do zero e tamo muito longe

Por isso falta pra quem é do bonde

 

Quer beber um drink sabe que não bebo qualquer um

Quer fumar um beck sabe que não fumo qualquer um

Quer colar lá em casa sabe que não chamo qualquer uma

Sabe que eu não sou qualquer um

Não é qualquer um, não é qualquer um

Pra colar no nosso bonde não, não é qualquer um

Não é qualquer um, não é qualquer um

Pra colar no nosso bonde não não é qualquer um

 

Meu pedigree de favela pra essa bela sempre apela

Quando passa tudo vira passarela passa

Eu que protejo a viela, acendo a vela

Eu observo ela trapassa

Joga a vera na porta não espera

Eu só pensando quem era essa gata

Moletom e fio dental

Uma taça de cristal

Numa cama de casal

Fazendo valer a pena

Longe dos federal

Fugindo pro litoral

Uma rede no quintal

Já se ligou na cena

Seja bem vinda sempre no clima

Ela se agita matéria prima

Taca fogo queima como fosse gasolina

Bud Cliff, Black Gold ela já chega e monta em cima

Bike rasta tá no colte vive hoje, esquece a rotina

De SC pro brasa eu vou voando sem asa

Eu e minha rapa, representa o sul do mapa

Enche essas taças, muito fogo e fumaça

Pros guerreiros um brinde, minha família tá em casa

 

Quer beber um drink sabe que não bebo qualquer um

Quer fumar um beck sabe que não fumo qualquer um

Quer colar lá em casa sabe que não chamo qualquer uma

Sabe que eu não sou qualquer um

Não é qualquer um, não é qualquer um

Pra colar no nosso bonde não, não é qualquer um

Não é qualquer um, não é qualquer um

Pra colar no nosso bonde não não é qualquer um

Não é Qualquer Um part Cacife Clandestino (Letra) - Eltin | Letra da Música. Compartilhe!