Nação Nordestina - Geraldinho Lins | Letra da Música

Nação Nordestina - Geraldinho Lins

Letras de A - Z, de diversos estilos musicais

Nação Nordestina - Geraldinho Lins - Letra






Os meus olhos procuraram tanto, tanto
Um canto e acharam
Vida de errante que vagueia
Como um som enluarado

E pra começo de conversa
Eu só tô interessado
Em falar num tom medonho
Pra quem vem prevaricando

Mesmo estando calejado
Eu não vou ficar calado
Vou falar de minha gente,
Continuo dizendo 'oxente'

Graças a Deus a esse estado de fraqueza
Eu já tô imunizado
Minha nação é nordestina
E traz no sangue o suor dessa caatinga

E tem no peito o alimento da fé
Embora a seca tenha secado o seu pranto
O mundo agora vai ter que ouvir meu canto
Sou renitente, continuo dizendo 'oxente'

Vou vingar o meu astral cultureiro
Balaiada, Gonzaga, Conselheiro
Acordar Maracatu que tá dormente
Lá na Europa, Paris e no Oriente

Nova Iorque vai ouvir o meu repente
Em todo o canto eu vou dizer 'oxente'

Nação Nordestina - Geraldinho Lins | Letra da Música. Compartilhe!