Emanar - Igor Bidi | Letra da Música

Emanar - Igor Bidi

Letras de A - Z, de diversos estilos musicais

Emanar - Igor Bidi - Letra






A ê, a Emanar ê, a ê, a ê, a Emanar
A ê, a Emanar ê, a ê, a ê, a Emanar
A ê, a Emanar ê, a ê, a ê, a Emanar
A ê, a Emanar ê, a ê, a ê, a Emanar

Sinto o Universo vivo, e ele pulsa a cada batimento
Do nosso coração, na arquitetura do templo
Mais antigo que o próprio templo
Esquecer de quem nós somos sempre foi o nosso maior passatempo
Tendo em vista que o tempo é ilusão
Brincando de viver numa matéria em decomposição
Tentando eternizar a nossa composição
Entre o micro e o macro, mudando a posição
Às vezes a favor, às vezes na oposição
Entre a dúvida e a decisão
O esquecimento e o esclarecimento na recordação
Vivendo a peculiaridade de cada estação
Emanando, o que nossa vibração emana
Feito um mago e sua mana
Numa caravana cigana
Em direção à plenitude soberana
Onde se vive o que Ama e não precisa de grana
Salamandras, silfos e ondinas
E os elementais da terra
Não vibrem na guerra, estejam em paz
Sigo no trilho dos meus ancestrais
De coração leve tento ser capaz
De não passar nesse mundo em vão
Pensando na próxima geração
Em tudo que eu faço, por tudo que eu tenho
Por tudo que a Vida já trouxe pra mim
Pude enxergar numa visão mais plena
Que isso não precisa continuar assim
Ouço o choro do mundo, sinto tanta tristeza
Mas tenho fé na resposta da mãe Natureza

A ê, a Emanar ê, a ê, a ê, a Emanar
A ê, a Emanar ê, a ê, a ê, a Emanar
A ê, a Emanar ê, a ê, a ê, a Emanar
A ê, a Emanar ê, a ê, a ê, a Emanar

Já não sei quanto tempo resta
Já nem entendo mais o que é o tempo
Tanta coisa eu já nem me lembro
Mas ainda sigo aprendendo
E vim pra te dizer
Que nos últimos tempos a melhor coisa que fiz
Foi reaprender a aprender
E recuperar minha vontade de viver
Sem achar que eu sei de tudo
Sem achar que eu to completo
Porque se fosse assim, eu não tava mais nesse mundo
E já que é assim, eu vou manter meu papo reto
Sou um eterno amante, alma errante, navegante
Vivo o instante, sigo avante
Nos mares dessa Mini Jornada Gigante
Não busco empilhar troféus na minha estante
Vê no meu semblante, irmão, é tão constante
Sei que volta e meia a Vida fica sufocante
E a gente se torna hesitante
Mas lembre-se que desse mundo, tu é só visitante
Vejo lágrimas de Amor no olhar do Vigilante
E mermo que a gente se encontre perdidos nas trevas
Ele nunca esquece o quanto a gente é brilhante
Eternos aprendizes
Eternos viajantes

Emanar - Igor Bidi | Letra da Música. Compartilhe!