Disparada - Israel Lucero | Letra da Música

Disparada - Israel Lucero

Letras de A - Z, de diversos estilos musicais

Disparada - Israel Lucero - Letra






Prepare o seu coração
Prás coisas
Que eu vou contar
Eu venho lá do sertão
Eu venho lá do sertão
Eu venho lá do sertão
E posso não lhe agradar...

Aprendi a dizer não
Ver a morte sem chorar
E a morte, o destino, tudo
A morte e o destino, tudo
Estava fora do lugar
Eu vivo prá consertar...

Na boiada já fui boi
Mas um dia me montei
Não por um motivo meu
Ou de quem comigo houvesse
Que qualquer querer tivesse
Porém por necessidade
Do dono de uma boiada
Cujo vaqueiro morreu[...]

Disparada - Israel Lucero | Letra da Música. Compartilhe!