Casa Pobre - Matogrosso & Mathias | Letra da Música

Casa Pobre - Matogrosso & Mathias

Letras de A - Z, de diversos estilos musicais

Casa Pobre - Matogrosso & Mathias - Letra






A minha casa longe do conceito nobre
É humildemente pobre, porém é muito feliz
O alicerce são dois esteios de gancho
É mais simples do que um rancho, que a sociedade diz
Suas paredes cercam poucas dependência
Cozinha quarto e dispensa, mas da bem pra mim viver
A cobertura é feita de tábua trincada
Onde minha namorada, toda noite vem me ver

E prosseguindo preste atenção meu amigo
A namorada que eu digo, não é mulher não senhor
Pra ser mais claro, eu a amo de verdade
Porque nunca fez maldade, para esse morador
Ela me ama me inspira e me adora
E quando ela embora, não demora regressar
Éa lua branca toda esbelta meiga e pura
Que me abraça com ternura, e me convida a sonhar

A minha casa fica bem junto a cascata
Onde os rumores da mata, é um hino matinal
É casa pobre como é pobre o seu dono
Não tem luxo e mordomo, tudo é muito original
Os caminheiros que apontam na estrada
Pôr certo fazem caçoada, desse pobre João ninguém
É uma casinha simplesinha e esquisita
Mas quem me fizer visita, juro que é dono também

Casa Pobre - Matogrosso & Mathias | Letra da Música. Compartilhe!