De Novo Outra Vez - Mestre Zinho | Letra da Música

De Novo Outra Vez - Mestre Zinho

Letras de A - Z, de diversos estilos musicais

De Novo Outra Vez - Mestre Zinho - Letra






Foi fugindo da tristeza
Que escolhi virar a mesa
E me reaproximar
Vi que foi muita moleza
Não saber que a beleza
Existe é dentro de um lar

De tanto dar cabeçada
Descobri que tudo é nada
Se em tudo não tá você
Se o nó desata e reata
E a saudade é dor que mata
Me devolva o meu viver

Mesmo que a cama não queira
Deixe eu pagar sua feira
Quero voltar pro seu lado
Consertar o que eu fiz de errado
Tentar de novo outra vez

Mesmo que a cama não queira
Deixe eu pagar sua feira
Já que eu paguei meus pecados
Deixe eu vim com os meus mijados
Tentar de novo outra vez

De Novo Outra Vez - Mestre Zinho | Letra da Música. Compartilhe!