Eu e a Bispa - Nando Reis | Letra da Música

Eu e a Bispa - Nando Reis

Letras de A - Z, de diversos estilos musicais

Eu e a Bispa - Nando Reis - Letra






Nenhuma igreja assina a apólice de vida dos devotos
Nenhum time agrada sempre mesmo os próprios torcedores
Nem a certeza de que tombaremos todos juntos, mortos
Nem há justiça que devolva a ofensa a cede dos seus agressores

Não há seita que não queira ser universal
Não há certeza que convença e seja universal
Não há defesa pra pobreza imensa universal
Não há riqueza sem despesa da despensa universal

Nem a terra encobre a carne podre esconde a caveira a morte
Nem a punheta fode pelo pau que não fode a buceta
Nem com penitência prometida a graça depende da sorte
Nem inveja mata, viva a arte, a vida é sua evidência

Une inteligência com verso boçal
Cumpre obediência o senso moral
Nutre a experiência um erro brutal
Ilude a consciência com segredos o medo
Do ponto final

Eu e a Bispa - Nando Reis | Letra da Música. Compartilhe!