Mil Galáxias - Nando Reis | Letra da Música

Mil Galáxias - Nando Reis

Letras de A - Z, de diversos estilos musicais

Mil Galáxias - Nando Reis - Letra






Não sei
Quantos habitantes vivem no mundo
Se são representantes
De vidas passadas
Naquele instante
Desapareceram
Não vi mais nada
Por que
Imediatamente num só segundo
No seu sorriso
O infinito que mil galáxias
Resguardavam
Todo o tempo
Some no espaço

Laranja a cor da blusa
Chocante acintosa
Que ali na minha vista
Ardia cor de rosa
Em pé sua presença
Retem realidade
Na breve permanência
De sua eternidade

Assim
Inesperadamente quase um susto
Colou nas minhas lentes
O seu impacto
Espelhando
Lá por dentro
Como imagem
Um sim
Tão quente o suspiro como riso como o sopro dos lábios
Tão rouca como a voz
Que ouvi de madrugada
Deslumbrava
Luz a flor da lua
Impregnada.

Mil Galáxias - Nando Reis | Letra da Música. Compartilhe!