Púrpura - Nando Reis | Letra da Música

Púrpura - Nando Reis

Letras de A - Z, de diversos estilos musicais

Púrpura - Nando Reis - Letra






Combinamos provar que tudo é possível
Demonstrar que a melhor solução
É aceitar que nós teremos que vencer a tentação
Irresistível

E acreditar que a dor do amor
Sobe pro céu e vai
Se espalhar no ar
Da cor que quer continuar
Nos olhos, mesmo invisível

Te dei a calça que eu mais usei
Colori teus pés com as meias vermelhas
Prediletas

Deitado no teu colo, ai
Como eu chorei
Atravessamos a Nossa Senhara de Copacabana
Dentro de um táxi

Só não subi na pedra
Porque eu tenho medo de lugares altos

Você mastigava o cajú que eu recusei
E trouxe saudades do gramado de onde eu via o trem
Em Peruíbe

Te vi nadar no mesmo mar que eu mergulhei
Ali nas pedras os polegares desiguais revelaram um segredo íntimo

E aquela castanha exposta
parecia uma criança à mostra
Que você traria, grávida
(mas pode saber)

Eu sou um bom pai
Você uma linda mãe
Se fosse uma menina ruiva Chamaria nossa filha ruiva
Púrpura

Púrpura - Nando Reis | Letra da Música. Compartilhe!