Êxtase - Os Nonatos | Letra da Música

Êxtase - Os Nonatos

Letras de A - Z, de diversos estilos musicais

Êxtase - Os Nonatos - Letra






Fico bobo, do jeito de um menino
Toda vez que teu corpo se insinua
Com instinto selvagem, eu imagino
Teus cabelos vestindo a praia nua
E, à distância eu te sigo como o sol
Há milhares de anos segue a lua
Muito além dos contatos epidérmicos
Vai o toque sutil do meu amor
Eu prometo manter teus lábios térmicos
Quando houver um blecaute de calor
Te aguardar paciente como a rosa
Passa a vida esperando o beija-for

Eu planejo levar-te ao paraíso
Numa ilha deserta no atlântico
Onde o corpo das dunas seja o piso
E o coral das sereias seja cântico
Eu te acorde com flores, beijo e frutas
Pro café da manhã ser mais romântico

Se eu tivesse um instante no teu dia
No meu dia terias mil instante
Nossa noite de núpcias se daria
Num colchão de espumas flutuante
E, o prazer do depois seria o triplo
Dos prazeres de amor que eu tive antes

Êxtase - Os Nonatos | Letra da Música. Compartilhe!