Metade de ninguém - Os Nonatos | Letra da Música

Metade de ninguém - Os Nonatos

Letras de A - Z, de diversos estilos musicais

Metade de ninguém - Os Nonatos - Letra






Fico marcando os dias no meu pensamento
Lutando contra a morte da minha esperança
Pra que você desmarque esse casamento
Que afaste do seu dedo aquela aliança

Desesperado eu ando enquanto o tempo voa
Pra sair dessa eu fico com outra pessoa
Mais nem uma amnésia me faz lhe esquecer
É pensando na sua que eu beijo outras bocas
Se meus sonhos são muitos e as chances são poucas
Sou tão cego de amor que não consigo ver

Não se case, tenha dó
Do mal de quem lhe quer bem
Sem seu amor eu sou só
A metade de ninguém

De longe eu vejo o dia cada vez mais perto
Pensando que não chegue a hora do sim
Eu erro porque torço que nada dê certo
Você acerta em cheio se voltar pra mim
Se você realmente pensa em ser feliz
Cancele as cerimônias no fórum e matriz
Encontre em meu abraço a emoção perdida
A casa negocie, os móveis leiloe
To lhe dando o direito de escolher quem foi,
Quem é e será seu amor por toda vida

Metade de ninguém - Os Nonatos | Letra da Música. Compartilhe!