Sonho De Consumo - Os Nonatos | Letra da Música

Sonho De Consumo - Os Nonatos

Letras de A - Z, de diversos estilos musicais

Sonho De Consumo - Os Nonatos - Letra






Com esse olhar 43
E gesto de pura malícia
Menina o que você tem feito
Com meu coração é caso de polícia

Sorriso de adolescente
Corpo de mulher e rosto de boneca
Me deixa em estado de graça
Quando a santa passa, a rua toda peca.

Não tenho vício
Enquanto trabalho, nem quando descanso.
No bar eu não bebo no clube eu não danço.
Baralho eu não jogo, cigarro eu não fumo.
Eu abro mão
De comprar imóvel, de fazer viagem.
Ter dinheiro em banco, carro na garagem.
Por você meu único, sonho de consumo.

Eu vivo com água na boca
De tanto desejar a sua
Meus olhos tiram sua roupa
"Só cego não vê que eu lhe deixo nua".

Quem é que não daria tudo?
Pra ter um pedacinho desse mau caminho
O que você pedir eu faço
Pra desse pedaço, ter um pedacinho.

Sonho De Consumo - Os Nonatos | Letra da Música. Compartilhe!