Um Café Pra Dois - Os Nonatos | Letra da Música

Um Café Pra Dois - Os Nonatos

Letras de A - Z, de diversos estilos musicais

Um Café Pra Dois - Os Nonatos - Letra






Depois de uma noite regada a carinho
Nus nós despertamos num quarto de hotel
Os corpos estavam com cheiro de vinho
E as bocas mais doces que um favo de mel
Como uma criança de pele macia
De cabelos soltos, lábios sem batom
O som dos seus beijos mim disse bom dia
E a luz dos seus olhos trouxe um dia bom

Um café pra dois e pra dois a saudade
Se houve um cupido nesse amor foi Deus
E aquela vontade de não ter vontade
De sair de perto, nem dizer adeus (2x)

Mim parto por dentro toda vez que parto
Lhe deixando as pressas sem meus beijos lentos
Em nem um quarto vou matar um quarto
Da falta que sinto dos nossos momentos
Eu quero pra sempre que você mim queira
Sem estimular prazo de prazer
Se a próxima noite for como a primeira
Eu vou morrer pedindo pro sol não nascer

Um café pra dois e pra dois a saudade
Se houve um cupido nesse amor foi Deus
E aquela vontade de não ter vontade
De sair de perto, nem dizer adeus (3x)

Um Café Pra Dois - Os Nonatos | Letra da Música. Compartilhe!