Funcionária - Peão Carreiro e Zé Paulo | Letra da Música

Funcionária - Peão Carreiro e Zé Paulo

Letras de A - Z, de diversos estilos musicais

Funcionária - Peão Carreiro e Zé Paulo - Letra






Funcionária, de paixão estou quase morrendo
E você faz que não está vendo
Seu patrão por amor padecer,
Quantas vezes, já aumentei o seu ordenado
E nem mesmo um muito obrigado
Você diz para me agradecer.
Ama outro, e com ele está sempre brigada
E por isso trabalha enfezada
Maltratando os clientes meus...
Todos querem, que urgente eu a mande embora
Mas o meu coração lhe adora
E garante o emprego seu.
{Bis} Minha linda, funcionária,
Eu perdôo, suas falhas
Pois na firma, que trabalha
Você é o dodói do patrão,
Já lhe dei, liberdade
Saia cedo, chegue tarde
Mas lhe peço por piedade,
Não me mate de tanta paixão.

Funcionária - Peão Carreiro e Zé Paulo | Letra da Música. Compartilhe!