Tira Teima - Racyne e Rafael | Letra da Música

Tira Teima - Racyne e Rafael

Letras de A - Z, de diversos estilos musicais

Tira Teima - Racyne e Rafael - Letra






Chega de fugir da raia, esconder o jogo
olho nos seus olhos e percebo o fogo
eu já virei fogueira no seu coração, diga que não
você com essa indiferença, jamais me convença
isso tá na cara, coração não mente
que na sua vida já virei paixão, diga que não
pode dizer que sou louco, que sou atrevido
sou cara-de-pau, bandido convencido
diz que tá em outra e nunca foi afim
diga que sou descartável e fora da fita
nem se confessando o padre acredita
que você não morre de amor por mim

você pode tirar prova nesse tira teima
que você não ama e a paixão não queima
eu sou mentiroso e essa é minha fama
quando a gente tá com raiva o coração não pensa
eu sei que você sabe que as indifenças
são recompensadas em cima da cama

pode dizer que sou louco, que sou atrevido
sou cara-de-pau, bandido convencido
diz que tá em outra e nunca foi afim
diga que sou descartável e fora da fita
nem se confessando o padre acredita
que você não morre de amor por mim

você pode tirar prova nesse tira teima
que você não ama e a paixão não queima
eu sou mentiroso e essa é minha fama
quando a gente tá com raiva o coração não pensa
eu sei que você sabe que as indifenças
são recompensadas em cima da cama

você pode tirar prova nesse tira teima
que você não ama e a paixão não queima
eu sou mentiroso e essa é minha fama
quando a gente tá com raiva o coração não pensa
eu sei que você sabe que as indifenças
são recompensadas em cima da cama, em cima da cama.

Tira Teima - Racyne e Rafael | Letra da Música. Compartilhe!