Mar Em Fúria - Rama Ruana | Letra da Música

Mar Em Fúria - Rama Ruana

Letras de A - Z, de diversos estilos musicais

Mar Em Fúria - Rama Ruana - Letra






Foi no tombo da canoa que aprendi a remar
Com o balanço da canoa fui jogado no mar
E foi no meio do mar que aprendi a nadar
Só pra pegar minha canoa e seguir a remar

Remava com o apoio da energia eólica
Com a incerteza de encontrar o mar em fúria
Progredindo lentamente pra tentar alcançar
A paz na terra prometida aos guerreiros de Jah

Esgotado com o balançar das águas
Relaxado com um beijo natural
O incerto foi certo o mar se enfureceu
Com esse louco perdido
Que esse beijo deu

Mas foi o tapa que tomou para poder seguir
E aprender
Que no mar não se pode confiar
Que no mar não tem galhos pra segurar

Camarão que dorme a onda leva...
Camarão que dorme a onda leva...

Mar Em Fúria - Rama Ruana | Letra da Música. Compartilhe!