Barretos, a Terra do Peão - Rionegro e Solimões | Letra da Música

Barretos, a Terra do Peão - Rionegro e Solimões

Letras de A - Z, de diversos estilos musicais

Barretos, a Terra do Peão - Rionegro e Solimões - Letra






Eu cheguei em Barretos na festa do peão

A festa estava boa, tinha gente de montão

A galera no estilo chapéu, bota e fivelão

E o som sertanejo embalava a multidão

Rererereeii barretos

Que festa boa, que emoção

Rererereeii Barretos

É a terra do peão

Tinha boi, tinha cavalo e os peões mais afamados

Tinha um locutor narrando de um jeito apaixonado

Foi subindo a adrenalina comecou a gritaria

A plateia aplaudia quando o peão não caía

Rererereeii Barretos

Que festa boa, que emoção

Rererereeii Barretos

É a terra do peão

A festa tinha gente do Brasil inteiro

O povo tava juntado parecia um formigueiro

Quando comecou o show foi aquele piseiro

Chegou a tremer o chão na terra do boiadeiro

Rererereeii Barretos

Que festa boa que emoção

Rererereeii Barretos

É a terra do peão

É a terra do peão

É a terra do peão

Barretos, a Terra do Peão - Rionegro e Solimões | Letra da Música. Compartilhe!