Não Tô Nem Aí - Rionegro e Solimões | Letra da Música

Não Tô Nem Aí - Rionegro e Solimões

Letras de A - Z, de diversos estilos musicais

Não Tô Nem Aí - Rionegro e Solimões - Letra






Ela sempre vai e volta
Abusa do meu coração
Mas eu já estou cansado
De ser brinquedo em suas mãos

Outra vez ela se foi
Sem motivo, sem razão
Mas eu não estou a fim de encarar a solidão

E se ela não voltar eu não tô nem aí
Eu vou pro bailão, vou me divertir
Vou beber cerveja e arrumar outra paixão
Vou ficar doidão, vou ficar doidão

E se ela não voltar eu não tô nem aí
Eu vou pro bailão, vou me divertir
Vou beber cerveja e arrumar outra paixão
Vou ficar doidão, vou ficar doidão

E se ela não voltar eu não tô nem aí
Eu vou pro bailão, vou me divertir
Vou beber cerveja e arrumar outra paixão
Vou ficar doidão, vou ficar doidão

E se ela não voltar eu não tô nem aí
Eu vou pro bailão, vou me divertir
Vou beber cerveja e arrumar outra paixão
Vou ficar doidão, vou ficar doidão

Não Tô Nem Aí - Rionegro e Solimões | Letra da Música. Compartilhe!