Quarto Triste - Rionegro e Solimões | Letra da Música

Quarto Triste - Rionegro e Solimões

Letras de A - Z, de diversos estilos musicais

Quarto Triste - Rionegro e Solimões - Letra






Neste quarto triste onde a saudade mora
Somente a tristeza existe depois que ela foi embora
O vento que vem de longe transmite em minha janela
A triste recordação, também o perfume dela

A noite é tão vazia e triste o silêncio lá fora
Em meu quarto eu choro sozinho
Ausente de quem tanto adoro
Nesta hora de amargura a chuva cai lentamente
Parece chorar comigo a dor que minha alma sente

Sofrendo essa amargura alguém me chama lá fora
Ao abrir a minha janela eu sinto minha alma que chora
Ao sentir o triste silêncio o meu pranto não tem fim
Porque é a voz da saudade ninguém não chama por mim

Quarto Triste - Rionegro e Solimões | Letra da Música. Compartilhe!