Solidão E Saudade - Rionegro e Solimões | Letra da Música

Solidão E Saudade - Rionegro e Solimões

Letras de A - Z, de diversos estilos musicais

Solidão E Saudade - Rionegro e Solimões - Letra






Solidão e saudade quando nos invade, ai, ai
Ferrão de marimbondo
É rasteira, é tombo, ai ai
É chute no traseiro
É pé no formigueiro, ai ai
É fora da menina
É prego na botina, ai ai

A saudade é falta de paixão
Solidão, carro na contra-mão
A saudade é chuva de verão
Solidão, vazando coração
A saudade é porta que fechou
Solidão é barco que afundou
A saudade é ausência de amor
Solidão, ferida que ficou

Solidão e saudade quando nos invade,ai ai
Goiabada sem queijo
É namoro sem beijo, ai ai
É cama sem lençol
É domingo sem Sol ai ai
É estar doido pra amar
E não te encontrar, ai ai

Solidão e saudade quando nos invade, ai, ai
Ferrão de marimbondo
É rasteira, é tombo, ai ai
É chute no traseiro
É pé no formigueiro, ai ai
É fora da menina
É prego na botina, ai ai

A saudade é falta de paixão
Solidão, carro na contra-mão
A saudade é chuva de verão
Solidão, vazando coração
A saudade é porta que fechou
Solidão é barco que afundou
A saudade é ausência de amor
Solidão, ferida que ficou

Solidão e saudade quando nos invade,ai ai
Goiabada sem queijo
É namoro sem beijo, ai ai
É cama sem lençol
É domingo sem Sol ai ai
É estar doido pra amar
E não te encontrar, ai ai

Solidão e saudade quando nos invade, ai, ai
Ferrão de marimbondo
É rasteira, é tombo, ai ai
É chute no traseiro
É pé no formigueiro, ai ai
É fora da menina
É prego na botina, ai ai

Solidão e saudade quando nos invade,ai ai
Goiabada sem queijo
É namoro sem beijo, ai ai
É cama sem lençol
É domingo sem Sol ai ai
É estar doido pra amar
E não te encontrar, ai ai

Solidão E Saudade - Rionegro e Solimões | Letra da Música. Compartilhe!