Papo de Botequim - Thiago Brito | Letra da Música

Papo de Botequim - Thiago Brito

Letras de A - Z, de diversos estilos musicais

Papo de Botequim - Thiago Brito - Letra






Roda de boteco boa, amor!
Tem samba, tem batucada, me chama que eu vou
Firma na palma da mão, pra nossa felicidade
Canta minha Mocidade!

Meu leão hoje tem a lua como par
Oh luar, vem iluminar a fantasia
Inebria, boemia
Deixa o prazer me dominar

Sem culpa, na manhã
Assanha o meu coração
Me entregue ao deleite da paixão
Em cada esquina
Um nobre vadio no tom da canção

Malandro na roda, vai batucar
É Pura Ousadia na bossa
No jogo da vida, eu vou apostar
Com filho da sorte, não há quem possa

Um céu de estrelas a brilhar
Bar em bar, vou levando a vida
Do cortiço ao botequim
Alegria sem fim, amor sem medida

Será que a malandragem sumiu?
Será que ela comanda o Brasil?
Eu sigo na fé e peço axé
Ê laroiê, salve Seu Zé

E o povo da rua cumpriu seu papel
Na ginga, hoje é inspiração
Embala a minha emoção

Papo de Botequim - Thiago Brito | Letra da Música. Compartilhe!