Homem Barbudo - Valderi e Mizael | Letra da Música

Homem Barbudo - Valderi e Mizael

Letras de A - Z, de diversos estilos musicais

Homem Barbudo - Valderi e Mizael - Letra






Na rua do destino estive jogado
Pra mulher que amo pedi um favor
No inferno da vida tremia de frio
Negou seu afeto e também seu calor.

Pedi por esmola um abraço e um beijo
Me deste os espinho em troca de flor
E por caridade pedi seus carinhos
Ela me deixou chorando sozinho
Dizendo que sou um mendigo de amor.

Meus olhos nublado e barba comprida
Seguindo na vida um rumo qualquer;
Não quero riqueza, dinheiro é maldito
Desejo apenas ser o favorito
Do corpo bonito daquela mulher.

Homem Barbudo - Valderi e Mizael | Letra da Música. Compartilhe!