Engenho Velho - Zé de Santa Cruz | Letra da Música

Engenho Velho - Zé de Santa Cruz

Letras de A - Z, de diversos estilos musicais

Engenho Velho - Zé de Santa Cruz - Letra






Esse gado magro
Este chão rachado
O carro de boi se arrasta pelo chão
Eu já fiz acero
Envolta do rancho
O sol do amarente leva a procissão
O engenho velho já moeu a cana,
Já fiz o melado pro doutor patrão

Sou feito da terra
Abraço o meu roçado
Sou um sonhador
Este homem suado
Essa viola triste
Este sofredor

Já cambitei lenha lá no tombador
Pro engenho velho
Prá ganhar o pão
Já sofri os diabos
Já rolei no chão
O coração geme
A viola clama
A dor do sertão
Já cambitei lenha lá no tombador
Pro engenho velho
Prá ganhar o pão

Engenho Velho - Zé de Santa Cruz | Letra da Música. Compartilhe!